Paiquerê FM 98.9 Seu cadastro
vale prêmios
todo mês!
Cadastre-se e participe das promoções.
Informações
do ouvinte
foto de perfil
Próxima Etapa
Informações
adicionais
Ao Vivo
Capa > Notícias > Polícia > Advogado vai pedir transferência...
Redação Paiquerê FM 11/04/19 | 07h50

Advogado vai pedir transferência do caso Evaldo para a Justiça comum

https://www.paiquerefm.com.br/wp-content/uploads/2019/04/Joao-Tancredo.jpg

O advogado João Tancredo, que representa a família de Evaldo dos Santos Rosa, morto por homens do Exército, no último domingo, no Rio de Janeiro, vai pedir a transferência do caso, que está sob responsabilidade da Justiça Militar, para o Tribunal do Júri, para dar mais transparência às investigações. O corpo do músico foi enterrado na manhã de ontem. O carro dirigido por Evaldo foi alvejado por 80 tiros de fuzil. O músico foi atingido por três tiros e morreu na hora.

Em audiência de custódia, a juíza Mariana Campos, da 1ª auditoria da Justiça Militar, decidiu pela conversão da prisão temporária em preventiva de 9 dos 10 militares acusados de participação na morte de Evaldo da Silva. Apenas o soldado Leonardo Delfino foi liberado, ele é apontado como o único que não atirou. A juíza considerou que houve descumprimento das regras militares como define o código militar.

 

Fonte: Agência Brasil